ATENÇÃO!

O blog migrou. Mas o serviço de redirecionamento automático é um pouco caro, então será necessário clicar no link para acessar o novo site.

 

Anúncios

A Sinopse Que Ninguém Pediu – Implosão

Após milênios de abandono do planeta Terra, a corporação Akhtar Corps conseguiu ascender como o principal sistema de organização da humanidade. No entanto, emprego, abrigo e comida se tornam cada vez mais escassos sob a má administração de Corvus Akhtar, atual presidente da corporação. Nesse contexto, o marechal Cefeu, membro do Conselho da companhia, resolve assassinar o presidente sem incitar desconfianças e suspeitas dos demais membros. Cefeu então torna-se mentor da jovem de quinze anos, Lyra, herdeira da Corporação, restabelecendo a paz a custo de exploração de mão de obra alienígena.

Anos depois, o equilíbrio, temporariamente restabelecido por Cefeu, volta a sofrer abalos devido a uma revolta trabalhista desencadeada pela crise de distribuição de combustível. Apesar dos esforços de Lyra em diminuir os conflitos agravados pela postura draconiana de Cefeu, suas boas intenções não serão suficientes para reverter os danos, levando-a a lutar por sua independência, contra a vontade de seu mentor. Entre essas lideranças conflitantes, a Corporação se tornará um lugar onde não existem heróis.

Nota da Autora: Com a indispensável ajuda da Suellen, preparei essa sinopse do meu romance para uma seletiva, mas acabei não terminando o processo de seleção…

Livros que Inspiram: Welcome to Night Vale

Welcome to Night Vale, na verdade, iniciou-se como um podcast fantástico sobre a cidade de Night Vale, e o livro homônimo, da Editora Intrínseca, publicado em junho de 2016,  nos conta a história de Diane Crayton e Jackie Ferrero, duas personagens opostas que acabam juntas em uma busca por respostas.

Continuar lendo “Livros que Inspiram: Welcome to Night Vale”

Círculos do Inferno Cotidiano: Corrupção Política

Os direitos sempre estão sendo tirados. O pecador que, após sua morte, acordar na dimensão eterna aonde são punidos os corruptos não vai ter certeza que direitos ainda lhe restam. A única constante é que ele vai ter cada vez menos.

Continuar lendo “Círculos do Inferno Cotidiano: Corrupção Política”

A Mulher Objeto

Prometi em um post anterior abordar um pouco sobre o que me incomodou na série de games Mass Effect, vou fazer isso e um pouco mais: abordar também a representação do gênero feminino na fantasia e na ficção científica, visivelmente dominadas por homens, o que acaba interferindo na maneira como as mulheres são representadas (se elas são representadas) nesses gêneros.

Continuar lendo “A Mulher Objeto”

Games e Construção de Cenários

Por meio desta, venho confessar que não leio fantasia e ficção científica tanto quanto deveria, para alguém que escreve nesses gêneros. Minhas preferências de leitura estão mais voltadas para crime, thrillers psicológicos e não-ficção.

Acabei contornando a situação ao entrar em contato com fantasia e ficção científica não pelos livros, mas por meio de jogos. Embora games não ajudem tanto na questão de linguagem, e também não abordem nenhum tema muito profundo, eles não deixam a desejar na mais parte mais criativa da escrita, a de criação de conceitos básicos, personagens e cenários.

Focando em cenários, compilei uma lista dos meus jogos favoritos quanto à essa questão. Todos são populares, e para os escritores de fantasia e ficção científica aí afora que não costumam jogar, os que estão nessa lista são um ótimo lugar para começar.

Continuar lendo “Games e Construção de Cenários”